Destino Palavra, a entrevista

Veja minha entrevista a Doracino Naves e Edival Lourenço, no programa Raízes Jornalismo Cultural, na PUC/TV - GO. Você pode adquirir o livro tradicional no link de Livraria Caminhos e o eBook, aqui. https://www.youtube.com/watch?v=_a8rAqjeDfo

Destino palavra (poemas), 2016

Esta é a íntegra do discurso parcialmente dito na Ube, ontem, dia 18/10/2016. A emoção e o tempo me impediram de dizê-lo todo. Digo-o aqui. Boa noite! disse, bom dia, boa tarde,,,dependendo do seu fuso, amigo do blog Leveza & Esperança. Saudações a todos. Autoridades e Amigo(a)s. Porque Chesterton tinha razão, ao afirmar que  “...a prova de … Continuar lendo Destino palavra (poemas), 2016

Com os olhos do sonho alheio*

CREIO que tinha nove anos, quando isso ocorreu, mas até hoje não consigo esquecer-me. Era hora de ir para a cama, em casa de meu tio, onde passava uns dias de férias. Fechar os olhos para dormir naquele noite causou-me horror. Era uma casa antiga a de meu tio, com esses tetos de madeira amarronzada, onde … Continuar lendo Com os olhos do sonho alheio*

Pai ignorado*

PAI IGNORADO (Um poema de ocasião. Ou como dizia Goethe: toda minha poesia foi de ocasião...) Eu não acompanhei o enterro Do pai que nunca conheci. De minha carne, não erro: não era nariz do morto que vi. Albert Camus enterrou o pai dele: Le premier Homme – um estertor. A dor dele em Alger, senti. … Continuar lendo Pai ignorado*

A cachoeira*

Das idas a Corumbá de Goiás, posso lembrar-me com alegria. Minha memória guarda um desses passeios como um dia envolto na neblina, vaporzinho descendo sobre a alma plena de alegria, da mesma forma que este café da tarde faz subir a razão em sua fumaça, semelhante ao gênio da lâmpada. Para o menino que fui … Continuar lendo A cachoeira*

Caderno de rascunhos (draft xxvii)

O Tarol* I Minha memória musical alhures em remota escola toca tarol na banda marcial e clama o direito de parola. A sonoridade perdida, inclusive nos poemas; - Mas jamais si desirée' - “...de la musique avant toute chose; et pour cela préfère L'Impair...” ... Voltas, idas e vindas co’a rara matemática musical do regente: muito … Continuar lendo Caderno de rascunhos (draft xxvii)

Gabriela Mistral ~ Poesia Falada

Projeto em nova fase.  Poesia Falada. Projeto “Os 100 mais belos poemas populares do mundo”- Edição de áudio de Roberval Silva. Produção: Paulo Rolim. https://soundcloud.com/adalbertoqueiroz/gabriela-mistral-coplas  

Caderno de rascunhos poéticos (2)

Mexicanas (1) ************ Deito-me com a água Ela me envolve e acaricia Feito nuvem à montanha – pelagem de lhama em cordilheira. Deito-me com a água Ela me exalta - dedo de um deus Na corredeira: Sábio riacho. Deito-me com a água Como quem vai renascer: Ela me dessedenta – Fresco pote de barro Na … Continuar lendo Caderno de rascunhos poéticos (2)

Caderno de rascunhos (1)

O temor ao Grifo                                        “...encolhe-se o animal nas entrelinhas,                                              e ri-se a sós de quem, … Continuar lendo Caderno de rascunhos (1)

Projeto Poesia Falada*Nova Fase

Rudyard Kipling - Projeto em nova fase.  Poesia Falada. "projeto "Os 100 mais belos poemas populares do mundo"- Edição de áudio de Roberval Silva. Produção: Paulo Rolim. https://soundcloud.com/adalbertoqueiroz/rudyard-kipling-se-if Joseph Rudyard Kipling foi um autor e poeta britânico, conhecido por seus livros "The Jungle Book", "The Second Jungle Book", "Just So Stories", e "Puck of Pook's Hill"; sua … Continuar lendo Projeto Poesia Falada*Nova Fase