Adalberto Queiroz, Catolicismo, Frágil armação, Frágil armação poemas

Poesia falada (Néon)

Veja este vídeo com um poema falado. https://youtu.be/tUtvX1nMHbQ Néon faz parte do livro "Frágil armação", 2a. edição, Editora Caminhos, 2017, lançado na última 5a-feira, 14/09.

Adalberto Queiroz, Catolicismo, Crítica Literária, Franklin de Oliveira, Goiandira Ortiz, História e Crítica

Destarte, #3 – O futuro da Poesia

LEIA minha coluna desta sexta-feira, excepcionalmente não publicada na quinta-feira —, em virtude do evento de lançamento do meu "Frágil armação"(2a. edição), editado por Livraria e Editora Caminhos. Clique no link para ler na íntegra.

O Autor em 2016
Adalberto Queiroz, Catolicismo, FragilArmação, Poesia, Poesia Brasiliera, Poesia Católica do Brasil, Poesia Religiosa Brasileira

Frágil armação: poemas – 2a. edição *Lançamento

* É hoje! o lançamento da segunda edição deste livrinho que conta 32 anos de publicação. LEIA melhor avaliação crítica, feita pela escritora e acadêmica da Aflag, professora Ercília Macedo-Eckel, sobre o livro que está neste link do Opção Cultural.

Catolicismo, Crônica, Goiás, Literatura Goyaz, Poesia e Crônica, Ursulino Leão

“Destarte” destaca Ursulino Leão

Nesta quinta-feira, 07 de setembro, no Jornal Opção Cultural Online, meu artigo é sobre o cronista e romancista goiano URSULINO LEÃO. Confira no link, clique na figura abaixo:

Catolicismo

Encontro das águas

Uma análise do poeta-editor e crítico Wagner Schadeck que muito me alegra – estar ao lado de um dos maiores poetas entre os novíssimos – Wladimir Saldanha, por si só, é um prêmio. Obrigado, WS.

Por Wagner Schadeck

breakwater-379252_1920.jpg

1.
Como duas águas distintas que se encontram, a melancolia e o sarcasmo poucas vezes desembocaram em uma mesma leitura. É uma alquimia singularíssima, alcançada no Quixote de Cervantes e no Quincas Borba de Machado de Assis. Na poesia é ouro negro igualmente raro. Talvez só mesmo do quilate da requintada sátira de si mesmo de Heine e da melancolia sutil de Bandeira. Mas estes mestres sabiam a enorme dificuldade da mistura. Ao contato com a pedra do sarcasmo, o vinho espesso da bílis negra torna-se ácido. E como nos lembra Machado de Assis, a depender do temperamento do leitor, esse elixir pode fazer rir ou chorar…
O leitor poderá sorver vestígios dessa solução na poesia de Wladmir Saldanha.
No livro Culpe o Vento, poemas como A caminho de casa, onde desmascara a nossa mesquinharia cotidiana, No ponto. Sob a marquise, ou O assinalado

Ver o post original 1.750 mais palavras

Adalberto Queiroz, Catolicismo, Frágil armação, Frágil armação poemas

Começou a pré-venda de “Frágil armação”, 2a. edição

TENHO o prazer de repercutir o anúncio da Editora Livraria Caminhos de início da pré-venda de meu livro "Frágil armação" - 2a. edição, revisada por mim. Clique no link para aproveitar a oferta de pré-lançamento.

Adalberto Queiroz, Catolicismo, Cristianismo, Fabrício Tavares de Moraes, Teologia, Tomás de Aquino

Notas esparsas

Um artigo, quando bem lido - o que pressupõe, às vezes, ser relido, pode dar ao leitor muitos insights, propor novas visões e ampliar-lhe os horizontes para novas leituras e o conhecimento de novos autores. Se o ensaio pressupõe uma tentativa, um misto linguístico de poesia e raciocínio, de liberdade temática, em Fabrício Tavares Moraes… Continuar lendo Notas esparsas