Adalberto Queiroz, Catolicismo, Poemas de Amor, Poemas de esperança, Poesia

Ao nosso amor, poema em destaque

Fiquei muito feliz com este destaque dado pelo site do Instituto Cultural Sicoob ao meu poema (Ao nosso amor). Para ler o poema, clique na figura abaixo.

Adalberto Queiroz, Adalberto Queiroz, Catolicismo, Poemas Católicos, Poemas de esperança

Comunicação no I Colóquio de Poesia Goiana, 2017

I Colóquio de Poesia UFG,  12 de Junho de 2017 - participação na Mesa coordenada pelo poeta Miguel Jubé, doutorando em Letras pela UFG; tema: "A nova poesia em Goiás". Participação minha com os poetas Edmar Guimarães, Fabrício Clemente e a poetisa Dheyne de Souza. Boa tarde! Concordando com o escritor britânico Gilbert Keith Chesterton… Continuar lendo Comunicação no I Colóquio de Poesia Goiana, 2017

Adalberto Queiroz, Catolicismo, Lúcio Cardoso, Poemas de esperança

Um poema em homenagem a Lúcio Cardoso

Onde presto homenagem a Lúcio Cardoso (1912-1968), poeta e romancista, autor, entre outros e "Crônica da casa assassinada" (1959). Para ler o poema, sobre o personagem Timóteo (2/3 poemas) clique no link do Sway, abaixo. https://sway.com/Qjt2bqCEWuBr5D30?ref=Link

Adalberto Queiroz, Catolicismo, Poemas Católicos, Poemas de Amor, Poemas de esperança, Poemas do autor

Posts curtos – poema a Ursulino Leão

Da série "Gênese de um livro" O burrico A Ursulino Leão.   "Platero e eu" é história antiga de quando os animais falavam; quem contou foi Ursulino - por Leão de sobrenome, mas d'alma de cordeiro cativo. No dia de seu octogésimo ano, nós, seus leitores brindados co’a história de um burrinho queimado e malhado… Continuar lendo Posts curtos – poema a Ursulino Leão

Catolicismo, Poemas de esperança, Poemas do autor

A gênese de um livro (V)

Poema de hoje, 04 de março de 2017. Este poema (ainda em rascunho) nasceu da releitura de Daniel, 4, sob a inspiração de Robert Graves. Creio que posso chamá-lo de "meu Nabucodonosor", mas preferi intitular de "A Queda (I)" - intuindo que outras versões virão e continuações, pois o mito é tremendo. Clique na figura ao… Continuar lendo A gênese de um livro (V)

Catolicismo, Poemas Católicos, Poemas de esperança, Poemas do autor

A gênese de um livro (IV)

A taça dourada* O sol não brota; ele se mostra com tudo o que a noite esconde. Sol em minha janela e sua fronde de pinheirinho molhado; amostra de desejo e fonte de toda paz; do que tenho merece graças dar o que não tenho aragem sagaz da chuva que cai a nos molhar. A… Continuar lendo A gênese de um livro (IV)

Adalberto Queiroz, Catolicismo, Poemas Católicos, Poemas de esperança, Poemas do autor, Poesia Católica do Brasil

A gênese de um livro (III)

Canções americanas (2) Ah! azevinheiro em minha janela mas meu coração não está mais lá; estreita era a cama - nós dois nela, mas meu amor está amarrado lá. Mas meu amor está amarrado lá onde a grama está sempre verde o silêncio permite ao nightingale cantar sem que o deserdem. Cantar sem que o… Continuar lendo A gênese de um livro (III)