A poesia do Natal

"Adoração dos pastores" ( Bartolome Esteban Murillo - óleo sobre tela - 147 x 218 cm - 1668) 20 de dezembro de 2019 por Adalberto De Queiroz 8 Comentários Opoeta e crítico anglo-americano T.S. Eliot, em “Virgílio e o mundo cristão” compilou ideias valiosas para esta quadra da celebração do Advento de Jesus – o Natal – sobretudo a estima que o poeta romano … Continuar lendo A poesia do Natal

Poema de Natal

Natal, 2016 Vendo piscantes luzes à vitrine exposta, à véspera do Natal de Jesus; acende-se em mim de pronto este mortal desgosto do falso brilho emanado dessa luz. Não há nesses presentes ouro, incenso e mirra. Sábios de bom gosto; presentes de dois mil anos; antes fossem hoje mimos a compor eterno hino. Entanto, hoje, … Continuar lendo Poema de Natal

"No presépio" – poema em prosa

NO PRESÉPIO* Capa de "Filandras", livro de 43 narrativas de Adélia Prado Por Adélia Prado, poetisa e cronista mineira. Minha alma debate-se, tentada à tristeza e seus requintes. Meu pai morto não vai repetir este ano: "Nada como um frango com arroz depois da missa". Minha irmã chora porque seu marido é amarradinho com dinheiro … Continuar lendo "No presépio" – poema em prosa

Noite de Natal

Um menino pobrecitoNuma manjedouraE hoje, nós todos tão faceiros,A visitar shoppings…- Eis que salta a pergunta:Onde o sapatinho,Na janela?No quintal?Ah, o quintal de nossas memórias.Aqui se vê a estrela de Belém?- Não. Só o escambo apressado.Eis-nos diante de abraços não-dados.Eu os quero. Dar e receber abraços e afagos.Eis-nos diante do Amor não recebido.…Mas há quem … Continuar lendo Noite de Natal

Ainda e sempre, é Natal*

Em meio à noite, eu me recordo das palavras de um velho escritor português e seu tom arcaico, pronunciado em crônica datada de 1886, a frase não me chega inteiramente como deve ser agora lembrada aos leitores: “...Dia seguido a dia, melancolicamente, esterilmente, nos foge o tempo... O dia de Natal vai de novo chegar. … Continuar lendo Ainda e sempre, é Natal*

Feliz Natal

Natal! O Natal de Cristo representa (e deve nos relembrar) a Encarnação de Deus no meio dos homens. Jesus Cristo, o Nazareno, nasceu numa manjedoura, em Belém da Judéia, como um pequenino ser Humano, que veio para salvar os filhos de Adão. Sua mãe, Maria Santíssima, interecede junto ao Trono do Altíssimo por nós, os … Continuar lendo Feliz Natal