Tag: G.K.Chesterton

A perdição da pós-modernidade

“Como Fausto, cego pela Ansiedade, acreditamos reconstruir o paraíso na terra, quando na verdade construímos nosso próprio sepulcro.” – alerta-nos o poeta, editor e crítico Wagner Schadeck. Um olhar acima e Além. Um olhar para a obra de J.W.Goethe (1749-1832) e para a “pedagogia…

Um artigo impublicável

Um artigo escrito e reescrito à pequena multidão de seis leitores deste blog.* Adiós te digo, pero no me voy. Me voy, pero no puedo decirte adiós! (Pablo Neruda, Canto General) Sempre tive a ilusão de escrever para um grande público. Tive uma oportunidade…

Elogio ao riso

*Um texto antigo que foi dedicado ao amigo (sumido!) Fábio Ulanin. Pensava que talvez a proximidade do Carnaval fosse a causa da aridez de temas novos, até que folheando um velho livro do inglês Gilbert Keith Chesterton, uma frase sublinhada na página se ofereceu…

Achados & perdidos (5)

Sexta-feira, Janeiro 16, 2004 Saudades do lar Amigos, Monsieur Gilberto K. Chesterton era um privilegiado súdito do império Britânico, num tempo em que as rainhas não se opunham aos matrimônios na família real. Ele dizia que “a igreja católica é o lar natural do…

Chesterton contra livros oportunistas

Parte da discussão que elaborei para os jovens na palestra sobre trajetória empresarial foi baseada nessa frase de Chesterton. “É perfeitamente óbvio que em qualquer ocupação decente (tal como assentar tijolos e escrever livros) há somente dois modos (em qualquer sentido especial) de obter…

%d blogueiros gostam disto:
%d blogueiros gostam disto:
%d blogueiros gostam disto:
%d blogueiros gostam disto:
%d blogueiros gostam disto: