No mínimo…#28

o espaço*Espaço_Poema2016

*Adalberto de Queiroz,  Cadernos de Sizenando, vol. II, 2016.

Deixe uma resposta