Ainda Bernanos


De Sébastien Lapaque, em “Sous le Soleil de L´Exil“, Bernanos Romansvem a vontade de aprofundar a leitura dos Sermões de Vieira; ao mesmo tempo que continuar pensando os amigos e herdeiros de Bernanos no Brasil, como Paulus Gordan.

Retomo o capítulo “Le moine et le prophète“, que se inicia com a legenda de Vieira.
E lembro da citação tirada de “Bernanos no Brasil” (Vozes, 1968): dizia dom Paulus Gordan:

Bernanos se me apresentava, espontaneamente, sob o aspecto que melhor o exprimia: como un chevalier sans peur et sans reproche, comparável a algum cruzado que, numa espécie de esperança desesperada e de desespero pleno de esperança, combate, com fidelidade viril, a morte e o demônio“.

Fico feliz que ainda se lê (e se ama) Bernanos!

Um comentário em “Ainda Bernanos

  1. Pingback: Bernanos, Lapaque e a Saudade « Adalberto de Queiroz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: