O café de Eliot

"Ao sol tomamos café, e por uma hora conversamos..." Porque amamos a poesia, 4minutos são como um dia.

T.S.Eliot (4) com Ivan Junqueira, poeta e tradutor

IVAN JUNQUEIRA e T.S. ELIOT ou: Como um devoto quebra o altar onde  sua poesia é incensada e, ainda assim, se torna o maior criador da poesia inglesa?   T.S. Eliot (1888-1965)       - Essa a pergunta que o poeta e crítico literário Ivan Junqueira tenta responder num ensaio belíssimo (lembrando que a palavra ensaio … Continuar lendo T.S.Eliot (4) com Ivan Junqueira, poeta e tradutor

T.S.Eliot (3) + PostPost

Uma amiga querida, recentemente, indagava o porquê de Mário Faustino preferir Pound a T.S.Eliot - dúvida a que não soube responder, mesmo correndo ao meu "Poesia Completa e Traduzida", d'onde me lembrava ter aprendido com o prof. Benedito Nunes que o autor de "O Homem e Sua Hora" era conhecedor e apreciador dos dois bardos anglófonos, a quem … Continuar lendo T.S.Eliot (3) + PostPost

Lua sobre o meu jardim (2)

ules Laforgue escreveu, em 27 anos de existência, cerca de duas centenas de poemas – além de prosa criativa e prosa crítica”, revela-nos Régis Bonvicino, tradutor e organizador de “Litanias da Lua”, que traz 21 poemas e 4 pequenos ensaios de Jules, além do ensaio citado acima. Apesar de tão pouco tempo de vida e atividade poética, Laforgue influenciou gente do calibre de T.S. Eliot, Ezra Pound e Marcel Duchamp. Sua mágica poética laçou Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade etc.

O Exílio de T.S. ElioT (1)

Caros amigos do blog:T.S. ELIOT é o tema do tijolaço do Russel Kirk, intitulado “A Era de T.S. Eliot: a Imaginação Moral do séc. XX - da É Editora, SP, 2011, 655 páginas).Entre uma e outra parte dos posts que pretendo dedicar à Escola de Frankfurt, permitam-me algumas anotações sobre ELIOT.A primeira diz respeito ao … Continuar lendo O Exílio de T.S. ElioT (1)

O Exílio de T.S. ElioT (1)

Caros amigos do blog:T.S. ELIOT é o tema do tijolaço do Russel Kirk, intitulado “A Era de T.S. Eliot: a Imaginação Moral do séc. XX - da É Editora, SP, 2011, 655 páginas).Entre uma e outra parte dos posts que pretendo dedicar à Escola de Frankfurt, permitam-me algumas anotações sobre ELIOT.A primeira diz respeito ao … Continuar lendo O Exílio de T.S. ElioT (1)

T.S.Eliot (ii), 1959, Paris Review

Aos interessados na figura e na pessoa do poeta Thomas Stearns Eliot, há hoje um grande acervo para estudo da vida, das idéias e da vida diária do poeta. Muito se escreveu a respeito de T.S. Eliot (1888-1965). A entrevista linkada abaixo, conduzida por Donald Hall, na edição Spring-Summer da Paris Review de 1959 pode … Continuar lendo T.S.Eliot (ii), 1959, Paris Review

Eu bebo, logo existo (2)

Mais uma dose de bom texto e bom vinho: Segundo R. Scruton, a famosa descrição de T.S.Eliot de uma "jornada espiritual" (em Little Gidding, 4 Quartetos) pode-se aplicar a nossa "jornada de conhecimento do Vinho". Será? "We shall not cease from exploration, And the end of all our exploring Will be to arrive where we … Continuar lendo Eu bebo, logo existo (2)

T.S. Eliot (1)

Um trecho de East Coker (T.S.Eliot)* II Que anda fazendo novembro tardio Com tanto frêmito primaveril E criaturas do inflamado estio E anêmonas que sob os pés se agitam E malva-rosas que o infinito miram Vermelho derramado sobre cinza E essas rosas tardias que ainda viçam Cheias da neve dos primeiros dias? Trovão que os … Continuar lendo T.S. Eliot (1)