Um outro céu que vai além dos 10 mil pés de altitude


O encanto da Web, como “mar de conhecimento compartilhado” (Sir Berners-Lee) nos provê belezas como esta.
Conheci Lucide De Godoy num curso virtual – meio abandonado por conta da prioridade zero que se tornou o lançamento dos “Cadernos de Sizenando”.
E eis que dessa brasileira que vive em Amsterdam, nos chegam boas fotos e bons textos. Confira o link abaixo.

Um outro Céu... There is Another Sky
(c) Copyright – Lucile De Godoy – Pôr-de-sol sobre as nuvens nos céus da Holanda.

A foto foi intitulada “Sunset over the clouds in Holland ©Copyright 2014 de dona Lucile luciledegodoy.com”

(“Pôr-de-Sol sobre nuvens nos céus da Holanda” – A tradução abaixo é minha, textos de Mme. De Godoy).

Tirei esta foto, durante o vôo da volta da Holanda para o Brasil (casa lá e cá), pela janela do avião.

“Esse vai-e-vem foi pleno de alegria e ‘saudades’ (desejos?!) – um equilíbrio entre ambos os sentimentos-  enfim -; mas nenhuma tristeza tem lugar em meu coração…

“E foi essa vista da janela que me fez lembrar o poema de Emily Dickinson.”

* While flying back home (Holland) from home (Brazil)… I made this photo through the glass window. This back and forth journey is made of both joy and longing – balancing each other out, though – so no sadness inhabits my heart. As I looked outside, I thought of this poem of Emily Dickinson.

+++++

O Poema de Emily, cit. by Lucile De GODOY.


“There is another sky,

Ever serene and fair,

And there is another sunshine,

 

Though it be darkness there;

Never mind faded forests, Austin,

Never mind silent fields –

 

Here is a little forest,

Whose leaf is ever green;

 

Here is a brighter garden,

Where not a frost has been;

In its unfading flowers

 

I hear the bright bee hum:

Prithee, my brother,

Into my garden come!”

–Emily Dickinson.*
(*)Mais tarde, tentarei uma tradução para o português, menos amadora do que a minha para o texto de Lucile. (AQ).

2 comentários em “Um outro céu que vai além dos 10 mil pés de altitude

  1. Não encontrei em minhas fontes (que não são poucas) uma tradução do poema de Emily Dickinson.
    E mesmo em inglês, as referências a este poema, entre os mais de 1800 poemas da solitária de Amherst são poucas: nada há sobre este poema em Vendler, nem tampouco em Sewall.
    Há esta referência na web a conferir: http://genius.com/Emily-dickinson-there-is-another-sky-annotated
    Continuo devendo uma tradução do poema que me despertou uma referência a Isaías 65:17: “Pois eu vou criar novos céus, e uma nova terra; o passado já não será lembrado, já não volverá ao espírito, 18 mas será experimentada a alegria e a felicidade eterna daquilo que vou criar.” (a idéia do Jardim a que a abelhinha convida que o Leitor entre é bem cristã! O que você, leitor, pensa sobre isso?).
    Amitiés,
    Beto.

    Curtir

  2. Dos quase 1800 poemas produzidos, apenas 6 foram publicados em vida… e ainda assim sem o consentimento de Emily Dickinson. É o que diz o The Oxford Companion to American Literature. http://books.google.com.br/books?id=hvmfshZxPf0C&lpg=PP1&dq=James%20D.%20Hart&hl=pt-BR&pg=PA175#v=onepage&q=emily%20dickinson&f=false
    Talvez isso já estivesse expresso e bem expresso neste poema:
    “Publicar – é como leiloar
    A consciência humana –
    A pobreza justificaria
    Essa mesquinharia”.

    Abaixo o original em Inglês:
    “Publication – is the Auction
    Of the Mind of Man –
    Poverty – be justifying
    For so foul a thing.”
    (*) Tradução para o Português de dona Aíla de Oliveira Gomes “Uma Centena de Poemas”T.A.Queiroz/USP, 1985, p. 102/3.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: