Emily Dickinson, 30/100*

I sing to use the Waiting
My Bonnet but to tie
And shut the Door unto my House
No more to do have I
Till His best step approaching
We journey to the Day
And tell each other how We sung
To keep the Dark away

Canto para usar a Espera.
É só atar o chapéu
E fechar a porta da casa –
Nada mais preciso eu,

Até que Ele, enfim, chegando,
Viajemos para o Dia,
Contando-nos como espantamos
O Escuro com cantoria.

+++++
(*) Fonte: Dickinson, Emily. “Uma Centena de Poemas”.
Tradução Aíla de Oliveira Gomes, T.A.Queiroz Ed/Usp, 1985, pág. 116/117.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.