François Mauriac, aos jovens do Grand Lebrun

“…o ensinamento que vocês recebem aqui, não não é o que  se ensina aqui, mas sim o murmúrio em seus ouvidos dos cimos tormentosos do parque, neste lamento ao qual vocês quase não dão atenção hoje, mas que voltarão a ouvir mais tarde, muitos anos depois, quando tiverem chegado à minha idade; vocês escutarão, dentro de vocês, esta voz de sua infância feliz e abençoada.
“E, então, no crepúsculo de uma vida, sentindo sua alma ardente, como aqueles dois discípulos na Estrada de Emaús, vocês se lembrarão que este homem e que este Deus, seu companheiro durante a peregrinação pela Terra,
vocês já O conheciam, vocês já O amavam
, antes mesmo de terem começado a viver, desde que seus mestres lhes falavam d´Ele na capela do Liceu Grand Lebrun“.
(François Mauriac, em alocução aos formandos do Liceu Sainte-Marie-Grand-Lebrun – Bordeaux (Fr). Tradução minha com correção da mestra M.E.)

Deixe uma resposta