Emily Dickinson, 8/100

Oi, 2009!
Estou de volta ao meu país e ao blog .
Depois de quase um mês na América, voltei à rotina no último dia 19,  mas só agora me animei a retomar o blog. Como primeiro post do ano, volto à publicação da (minha amada) centena de poemas de Emily Dickinson.

To lose thee – sweeter than to gain
All other hearts I knew
`Tis true the drought is destitute,
But then, I had the dew!

The Caspian has its realms of sand,
Its other realm of sea.
Without the sterile perquisite,
No Caspian could be.

Tradução de D. Aíla de Oliveira Gomes:

Perder-te inda é mais doce que ganhar
Todos os outros corações.
De certo, a estiagem é uma indigência,
Mas tive orvalho às porções!

O Cáspio tem os seus reinos de areia,
Seu outro reino é de mar;
O árido é o requisito que,  p´ra ser,
O Cáspio tem de aceitar.

+++

Fonte: Dickinson, Emily. “Emily Dickinson: Uma Centena de Poemas“, Ed.T.A.Queiroz/USP, SP, 1984. Tradução: Aíla de Oliveira Gomes. Pág. 144/45.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.