Casa nova: entusiasmo antigo


Quando comecei a escrever em blogs, em setembro de 2002, tinha certas ilusões que perdi. Tinha certa “estabilidade unilateral” que alimentei ao longo desse tempo.
Mas nem só de ilusões perdidas se faz a blogsphère e nem só de estados de espírito vive o bloguero.
O melhor resultado até agora foi a amizade dita virtual, a que não se nutre de pizza, cálices de vinho e presença física, mas que perdura pelas observações por mensagens eletrônicas, por comentários, nem sempre condescentes. O blog me deu uma porção de amigos, confirmou-me velhos amigos de carne-e-osso, me afastou de uns poucos – que nem sei ao certo se poderiam ser chamados de amigos -, entrei em algumas discussões, abdiquei de participar de discussões, mantive alguns hábitos antigos, adquiri outros…
Mantive o respeito pela maioria das muitas pessoas (algumas surpreendentes) com quem convivi e, eventualmente, divergi em um ou outro assunto.
A divergência não tendo, nesse caso, significado nada que arrefeça o grande respeito que ainda mantenho por algumas pessoas, elas próprias especiais presentes da Blogsphère.
Assisti algumas polêmicas, participei de umas poucas (mais do que gostaria), e, finalmente desisti de me contrapor.
Alimentei minha Fé com a velha pitada da dúvida.
Nessa corrida, não abandonei nunca e sim reforcei minhas crenças e me aproximei de mestres esquecidos, de textos abandonados, de músicos, poetas, professores e escritores antigos (ou atuais) que vivem como quê deixados no vácuo da grande corrente de uniformização do pensamento que vivemos hoje.
Testemunhei minha Fé em Jesus Cristo, filho unigênito do Deus.
Assisti com tristeza à perda do Papa de minha Conversão ao Catolicismo – o servo de Deus João Paulo II; e partilhei a alegria de ouvir o meu primeiro “Habemus Papam“, com a chegada à cátedra de Pedro do Cardeal Ratzinger, Papa Bento XVI…

Relembrei acontecimentos familiares, escrevi sobre uma porção de livros lidos e vividos, revivi alguns dias santos e festas nas quais compartilhei minha alegria e meu entusiasmo juvenil. Completei meus 50 anos. Ah, la cinquantaine d´années bem vividos e a alegria de ser avô.

Fiz cerca de 500 posts na casa que agora deixo e digitei n-palavras com o esmero que um comerciante pode dar ao seu hobby (ah, as agruras do comércio…), mas sempre com uma fidelidade canina às fontes; falei pelos cotovelos, nem sempre com sabedoria, mas posso me lembrar de milhares de minutos que dediquei à tarefa de manter um diário.

A alegria que isso me proporciona também me motiva a recomeçar em casa nova com entusiasmo antigo.

Agora, estou neste novo espaço, assumindo meu nome de batismo, sem pseudônimos, como um cristão que se expõe, no meio de uma saravaida de desventuras que a blosfera nos empurra.

O propósito se mantém: desejo testemunhar a minha Fé e fazer amigos.

Espero que tudo o que fizer nesta nova casa seja para o engrandecimento de meus irmãos e amigos. E que nossas vidas sejam para glorificar Jesus Cristo, o filho unigênito de Deus Pai.

Bem-Vindos à bordo, mes amis!!

18 comentários em “Casa nova: entusiasmo antigo

  1. E estaremos sempre com você, onde quer que você vá nas suas andanças pela blogosfera, ainda que nem sempre o tempo nos permita deixar um comentário.
    Grande abraço.
    +++++
    Grande ANDRÉ,
    Seja bem-vindo, como o primeiro incentivador desta minha iniciativa.
    Amitiés,
    BetoQ.

    Curtir

  2. Bela nova casa! Belo post inaugural! Endereço devidamente atualizado.
    Grande abraço.
    +++++
    Grande Chico,
    Obrigado. Já inseri o link para o Cinema Elegante.
    Amitiés,
    BetoQ.

    Curtir

  3. Querido Beto,
    Que alegria visitar a nova casa! Que bom perceber seu entusiasmo! Fico muito feliz de ter participado disso de alguma forma e na expectativa de frutíferas trocas interblogs, além das que temos no Oito!
    Grande abraço e palmas para a inauguração!
    Norma
    +++++
    Seja muitíssimo bem-vinda! Por tudo que você representa pra nós do Oito e por seu blog maravilhoso, NORMA!
    Amitiés,
    Beto.

    Curtir

  4. Que bela surpresa! Que azul/verde mais doce! Parabés e gratidão, Beto, pelo teu amor, pelo teu comprometimento oceânico conosco que tanto te queremos bem.Quanta beleza nessas plagas! Casa nova, vida nova, novos posts. Estarei sempre aqui, Si
    +++++
    Minha amiga SI,
    Volte sempre, pois, sua visita me faz bem.
    Esta foto eu a fiz na fronteira entre o Arizona e o Nevada, a caminho de Vegas, na Hoover Dam.
    Amitiés,
    BetoQ.

    Curtir

  5. Zadig,
    Adorei o novo espaço.
    Tentei mudar meu blog para o wordpress, mas não tive capacidade. Ainda estou tentando.
    Um abraço para vocês,
    Monica
    +++++
    ALMA, você é das amigas ‘virtuais’ de primeira hora. E por isso mesmo, muito querida.
    Espero um dia me reunir pessoalmente com você em torno de um café au chocolat.
    Amitiés,
    Beto.

    Curtir

  6. Beto,
    Continuo seu leitor e muito agradecido por constar de sua lista de amigos. Pena não ter podido acompanhá-lo mais a miude.
    Grande abraço!
    Jeferson
    +++++
    Caro JEFERSON.
    Várias são as provas da Bondade de Deus pra conosco e reunir amigos tem sido por certo uma dessas demonstrações de tão divina generosidade.
    Volte sempre. E ache tempo para vir mais vezes visitar-me.
    Amitiés,
    Beto.

    Curtir

  7. Completando o que o Chico disse, será abençoado, sim!
    Zadig?
    Já não está na hora de colocar um post novo?
    E como vai o Lucas?
    Beijos em vocês,
    Monica
    De fato, ALMA.
    Está a caminho…
    Aguarde.
    Beto

    Curtir

  8. Beto:
    Parabéns pela nova casa! — uma casa bela e ampla, bem mais agradável de ver e ler.
    Espero acompanhá-lo com mais assiduidade.
    Deus abençoe você e o pequeno Lucas!
    +++++
    Amém!
    E obrigado pela visita. Seja sempre bem-vindo!
    Abraço fraterno do Beto

    Curtir

  9. Uma nova casa visualmente diferente, mas que continua nos transmitindo a mesma sensação de harmonia e perfeita paz de espírito que sempre encontramos ao te visitar, caro Beto. Que assim continue, sempre! Abraço fraterno.

    Curtir

  10. Parabéns pelo novo cafofo, compadre. E, agora que viraste Adalberto Queiroz de vez, posso perguntar: o que, raios, significa Zadig?
    +++++
    Obrigado pela visita, Marcão. É verdade que há muito tempo pensava em abandonar o Zadig, aquele delicioso personagem Voltairiano e voltar a assumir meu nome de Batismo na blogsphère. E aí está, o bom e velho Zadig com seu nome de pia.
    Abraços,
    Beto

    Curtir

  11. Que seja prolífica a nova casa.
    Saudações.
    +++++
    Welcome back, meu caro amigo Roberson, também confrade vinhateiro!

    Curtir

  12. Chego AQUI* muito em atraso, mas, nunca o perdi de vista em “outros palcos”!!!!!
    _Tenho andado por AI’ lendo (aprendendo, recordando em ZADIG*******etc…)!

    Deixo aqui “visivel” a minha passagem! Hei-de voltar; mas, como ja’ se vem apercebendo, desde ha’ algum tempo, “ando devagar”!!!!!

    FICA O ABRACO AMIGO!

    Heloisa B.P.
    ***********
    Seja sempre bem-vinda, minha amiga!
    Abraço fraterno,
    Beto

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: