Amor à França (2) Yves Bonnefoy

No segundo texto da série "Amor à França", Adalberto De Queiroz escreve na coluna Destarte sobre a poesia de Yves Bonnefoy.  Para ler o texto completo, clique no link abaixo: https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fadalberto.queiroz%2Fposts%2F10157485091342538&width=500

Yves Bonnefoy (2) – o Adeus ao poeta

O ADEUS ao poeta francês Yves Bonnefoy! Yves Bonnefoy (1923-2016).  A notícia do desaparecimento do poeta deu-se em meio ao ruído da Copa de futebol da Europa, no início deste mês de julho, em Paris, aos 93 anos. Por conta de todo um noticiário específico e das férias, só vim a chorar a morte do poeta … Continuar lendo Yves Bonnefoy (2) – o Adeus ao poeta

No mínimo…dia #8

PIERRE RONSARD (1524-1585), traduzido ao português por Mário Laranjeira. Da série de posts "No mínimo, um poema ao dia"  - Dia 8. À Cassandre A Cassandra Mignonne, allons voir si la rose Querida, vamos ver se a rosa Qui ce matin avait déclose Que esta manhã abriu garbosa Sa robe de pourpre au soleil Ao sol … Continuar lendo No mínimo…dia #8

No mínimo, um poema ao dia #6

PIERRE RONSARD (1524-1585). Tradução de Mário Laranjeira. OS AMORES DE CASSADRA Sonetos (II) Céu, ar e ventos, montes e vargedos, Bífidos cerros, matas verdejantes, Ribas tortuosas, fontes ondulantes, Capões de mato, e vós, verdes bosquedos; Antros musgosos, fendas nos rochedos, Prados, botões, capins, flores rubentes, Morros, vinhas, e praias fulvescentes, Gastine, Loir, e vós, versos … Continuar lendo No mínimo, um poema ao dia #6

NO MÍNIMO, UM POEMA AO DIA…#5

MAURICE SCÈVE - Que viveu no séc. XVI (provavelmente de 1510-64), é um dos 16 autores traduzidos pelo professor Mário Laranjeira em Poetas Franceses da Renascença.

No mínimo, um poema ao dia (2)

Projeto para gerar riqueza espiritual: Ler, no minimo, um poema por dia; ver um quadro; ouvir música de qualidade.

O poeta e “La belle dame” (1)

Alain CHARTIER , poeta e diplomata francês do séc. XV, foi também um orador célebre - considerado "o Sêneca Francês". Dele sabemos ter nascido em Bayeux, cerca de 1380. Viveu, pois, no séc. XV - portanto, no chamado outono da Idade Média e madrugada do Renascimento. Teria o poeta sido beijado (enquanto dormia). Margaret da … Continuar lendo O poeta e “La belle dame” (1)

Mikel Dufrenne, “O Homem Poético” (i)

https://soundcloud.com/adalbertoqueiroz/o-homem-po-tico-mikel-dufrenne

Vargas Llosa analisa ‘Os miseráveis’, de Victor Hugo

Vargas Llosa analisa 'Os miseráveis', de Victor Hugo - Prosa & Verso: O Globo. Impecável texto do poeta Ivo Barroso sobre este "presente inusitado, por ser muito mais que uma biografia e englobar a vida e a obra de Hugo, chega-nos agora este ensaio que Mario Vargas Llosa desenvolveu a partir de um curso de … Continuar lendo Vargas Llosa analisa ‘Os miseráveis’, de Victor Hugo