Leituras Recomendadas, Literatura

Livros 2014


2014 MAIS UM ANO QUE SE VAI.

Com ele, fechei um ciclo.
Malgrado seja apenas uma marca no calendário, nossos corações se exaltam com o fim do ano e o início de outro. Estamos vivos. Podemos olhar e reavaliar o que fizemos. Com as ferramentas de hoje, em alguns minutos, você faz um balanço fotográfico ou de video. O meu olhar é generoso e de imensa gratidão. Afinal, foi um ano em que olhei para mim mesmo e para os meus amados mais próximos, criando novos hábitos, curando feridas e voltando a publicar um livro. Li muito. Estudei. Rezei. Amei muito. Um mundo voltou a se mostrar para mim como horizonte infindo: a Leitura.
O que fazer com o balanço de minhas (suas, leitor?) leituras – em papel ou em meio digital?

– Há muitos anos, faço listas para os amigos, que me pedem recomendações de leituras. Isso vem de longe. Quando meus cadernos eram feitos pela “Tilibra” (ou, no limite, montados artesanalmente por minha mulher); e minha letra ainda era legível…

Depois, vieram as listas nos blogs e comecei a me sentir meio obrigado a fazer a lista.lista2bleituras2b19762b1

E, então, parei com isso. Ou faço a lista por prazer e com entusiasmo, ou não a faço. Refaço.
Cito algumas coisas que me deram satisfação no domínio da leitura e ponto. Parágrafo.

Afinal, para que serve uma lista de livros lidos por um cristão, quase sexagenário, num país dominado pela ideologia esquerdista, em que parecemos todos membros de um hospício, dominados por uma histeria coletiva?

Se sou incapaz de me fazer entender num diálogo tentado via digital, mensagens instantâneas no meio do trânsito afobado do fim-de-ano, no silêncio de meu quarto (e do meu coração) pergunto-me, repetindo Georges Bernanos: “A Quoi Bon?

Lista Leituras há 38 anos...
Lista de Leituras, 1976, fl.3

Para que serve? A que(m) servirá uma lista que não fará aumentar em nenhum côvado a altura civilizacional entre as pessoas que lêem (?) uns aos outros no hospício patropi?

Prefiro, então, ir aos Correios despachar meus “Cadernos” para amigos distantes e solícitos e amorosos e fraternos que me enviam mensagens animadoras – que me fazem agradecer ao Divino Pai Eterno por haver ainda afeto em meio às baixezas &  vilezas que o imenso ruído do mundo atual nos impõe.

Lista de Leituras, 38 anos
38 anos atrás, já fazia listas…

Dito isso, deixo a esses seres maravilhosos que me animaram esta Semana do Advento trazendo-me Paz com suas Orações– uma pequena lista do que chamo de “livros que não foram apenas leitura, foram encantamentos em 2014”. Depois, quem sabe, liste alguma coisa para ser uma lista pública e não uma “carta aos amigos”, sem despesas postais – para parafrasear Gustavo Corção*.

Livros e Leituras  2014. Os 10 melhores.
Livros e Leituras de 2014. Os 10 melhores.

 

 

A Lista da Estante do Beto – 10 Melhores de 2014

  1. A Alegria”, de Georges Bernanos.
  2. T.S. Eliot: A Imaginação Moral do séc. XX”, de Russel Kirk.
  3. The Power of Habit”, de Charles Duhigg.
  4. O Segredo do Rei”, Cardeal Suenens.
  5. Temor e Tremor”, S. Kierkegaard.
  6. The Essential Writings of Christian Mysticism”, de Bernard McGinn (**)
  7. Miracles”, de C.S. Lewis.
  8. A Escrita. Há Futuro para a Escrita?”, de Vilém Flusser, trad. do alemão por Murilo J. da Costa.
  9. The Collected Works of St. John of The Cross”, Bilíngue (Espanhol/Inglês).
  10. Matéria da Alma”, de Sônia Maria dos Santos.

+++++

Livros 2014: Leituras
Livros e Leituras de 2014. 5 dos 10 melhores.

Fontes:
(*) A frase do Corção está na legenda dos “Cadernos de Sizenando”, p. 7.: “O livro é uma carta particular aos amigos do escritor; o público é apenas o generoso patrocinador das despesas postais” (G.C.).
(**) Tive que escolher apenas um, entre tantos livros maravilhosos, a que tive acesso; e recomendo, com entusiasmo, outros escritos do Dr. Bernard McGinn e demais estudiosos aos quais tive a honra de ouvir, alguns de dialogar e acompanhar em sala-de-aula ou em conferências, na University of New Mexico (UNM), dentro do ciclo “Mestres & Místicos da Idade Média” (Spring’14) e, depois, “Medieval Studies” como non-degree student (UNM Fall’14/Osher Lifelong/Continuing Education).
A indicação de #9 foi Translated by Kieran Kavanaugh e Otilio Rodrigues (ambos O.C.D.s).
Post-Post: Uma lista, como sabe o(a) leitor(a) pressupõe uma escolha. Escolhas pressupõem cortes.
Eia, pois, os Dez Mais. Outros podem ser incluídos a esta lista; e, para isso, a caixa de comentários aqui e no meu FaceBook estão abertas aos leitores.
(***) voltarei amanhã com as referências bibliográficas completas, pois estou exausto!

3 thoughts on “Livros 2014”

  1. Da sua lista, Beto ,só li dois – Kierkegaard e Lewis – e tenho mais um para ler, o do Kirk sobre T.S. Eliot. Li alguma coisa do S. João da Cruz, mas não a obra completa (tenho “Noite escura da alma” na pilha-a-ler).

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Claire.
      Bem-vinda, novamente.
      Eu havia lido a “Noite Escura…” e a adaptação (A Noite… lida hoje) que dela fez o frei Jesús M. Ballester.
      No entanto, a riqueza deste volume é a interpretação que os tradutores fazem da obra do poeta e servo de Deus João da Cruz.
      Boas Leituras e um Feliz e Santo Natal.
      Beto.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s