Blogroll, Filosofia

Mais que140 toques…não é twitter!

É mais fácil publicar músicas ou 140 caracteres. A preguiça me impede de vir mais vezes aqui mostrar a voz do dono do blog.  O mais das vezes, orquestro vozes e tons. César Miranda, sim, publica originais e inovadores 2000 toques. Isso me faz lembrar de meu tempo de estágio em jornalismo em que havia… Continuar lendo Mais que140 toques…não é twitter!

Artes Plásticas, França, Francofonia, Marc Chagall

Ano da França no Brasil (2)

A França oficial e o Brasil corporativo agem para divulgar a cultura francesa. Pessoalmente, essa é uma exposição que gostaria de (re)ver: Marc Chagall na Casa Fiat de Cultura em Bh. A exposição está em cartaz na capital mineira até o dia 4/10, na Casa Fiat de Cultura. São mais de 300 obras entre pinturas,… Continuar lendo Ano da França no Brasil (2)

França, Francofonia, Poesia

Yves Bonnefoy (I)

DOUVE PARLE Quelle parole a surgi près de moi, Quel cri se fait sur une bouche absente? A peine si j´entends crier contre moi, A peine si je sens ce souffle qui me nomme. Pourtant ce cri sur moi vient de moi, Je suis muré dans mon extravagance. Quelle divine ou quelle étrange voix Eût… Continuar lendo Yves Bonnefoy (I)

Emily Dickinson, Poesia

Emily Dickinson, 23/100*

Nature rarer uses Yellow Than another Hue. Saves she all of that for Sunsets Prodigal of Blue. Spending Scarlet, like a woman Yellow she affords Only scantly and selectly Like a Lover´s Words. A Natureza raro usa o amarelo, Antes prefere outros tons; Reserva-o todo para o pôr-do-sol Azul, gasta aos borbotões. Como a mulher… Continuar lendo Emily Dickinson, 23/100*

Cristianismo

Sábio conselho…

"Ora, pois, come alegremente teu pão e bebe contente teu vinho, porque Deus já apreciou teus trabalhos. (...) Desfruta da vida com a mulher que amas, durante todos os dias da fugitiva e vã existência que Deus te concede debaixo do sol. Esta é tua parte na vida, o prêmio do labor a que te… Continuar lendo Sábio conselho…

Catolicismo, Escritores Católicos Franceses, Francofonia

Livros: montanhas e brisas

"Na literatura há também montanhas e brisas. Os livros que encontramos são, na maior parte, como as correntes de ar; e sua leitura tem a brevidade e o enfado de uma gripe. Leu-se, sofreu-se, acabou-se..." (G. Corção) Pensando nisso (como um Twitt estendido), ao lembrar o dia em que fechei a leitura deste autor admirável… Continuar lendo Livros: montanhas e brisas

Emily Dickinson, Poesia, Religião

Emily Dickinson, 22/100*

Hoje o poema de Emily que sempre transcrevo aos sábados vem acompanhado das observações da tradutora Aíla de Oliveira Gomes, retiradas do prefácio de Uma Centena de Poemas. Essas notas são a melhor resposta para o açodamento de alguns críticos que não entenderam a religiosidade na poesia de Emily. *** "A respeito da religiosidade de… Continuar lendo Emily Dickinson, 22/100*