Encontro das águas

Uma análise do poeta-editor e crítico Wagner Schadeck que muito me alegra – estar ao lado de um dos maiores poetas entre os novíssimos – Wladimir Saldanha, por si só, é um prêmio. Obrigado, WS.

Deixe uma resposta