Post ligeiros (3) – Georges Bernanos

Devo concluir em breve duas resenhas – esta prometida há tanto tempo. A segunda, sobre Monsieur Ouine, lido no original de 1946 (portanto, a edição revisada e livre dos erros da Ed. do romance – em francês, mas feita no Brasil, pela Ed. Atlântica, em 1943), repleta de erros tipográficos e falhas (ausências de páginas!) etc.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.