Catolicismo

O café de Eliot


A Ti, leitor, o mentiroso “respeitável leitor”, a quem Charles e Thomas ousaram chamar pelo nome apropriado: “Tu! Hypocrite lecteur! – mon semblable -, mon frère…”

Leveza e Esperança

<<“TU! Hypocrite lecteur! – mon semblable -, mon frère!“>>
AQUI tens a 1a parte de A Terra desolada – I. O Enterro dos Mortos.
Há uma versão transcrita em inglês e, falada, tambm inglês *mp3.
Logo abaixo, terás a tradução de Ivan Junqueira. Enjoy it.
(*) Nam Sibyllam quidem … é citação de Petrônio (Caius Petronius Arbiter), assim traduzida do Satyricon por Ivan Junqueira: “Pois com meus próprio olhos em Cuma a Sibila, suspensa dentro de uma ampola, e quando as crianças lhe diziam: ‘Sibila, o que queres? ; ela respondia: ‘Quero morrer'” (N.doT.)
Como não encontrei a citação à medida do mundo em “colhes de café”; encontrei um jeito de levá-lo, meu irmão, meu igual – leitor de Eliot para um café.

© Vincent Mo_Latte Clique na imagem para ouvir trecho do poema           A Terra Desolada – I. O enterro dos mortos; falado em inglês.

THE WASTE LAND

T. S…

Ver o post original 1.259 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s