C. S. Lewis Sobre a Verdadeira Amizade


Dos livros do C.S.Lewis é um que li resumos e gostaria de ler no todo. Wish-list, já!

À Deriva do Saber

Por Maria Popova

Os Quatro Amores Os Quatro Amores

“A amizade… não possui valor de sobrevivência; antes, ela é uma daquelas coisas que dá valor à sobrevivência.”

“O que há de tão delicioso em um encontro justo e firme de dois, em um pensamento, em um sentimento?” — maravilhou-se Emerson, em sua primorosa meditação sobre a amizade.¹ Mas o quê, exatamente, está no coração deste “justo e firme encontro”? Em seu criterioso livro de 1960, Os Quatro Amores, C. S. Lewis toma onde Aristóteles parou e examina as diferenças entre as quatro principais categorias dos laços íntimos humanos — afeição, a mais básica e expressiva; Eros, o desejo apaixonado e às vezes destrutivo de amantes; caridade, a conexão espiritual mais alta e mais altruísta; e amizade, a relação mais rara, menos ciumenta e mais profunda.

Numa das mais belas passagens, ele considera como a amizade se difere dos outros três tipos de…

Ver o post original 293 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: