“Virgílio, o pai do Ocidente”

  No centro da poesia ocidental Virgílio, o poeta insuperável Para ler o artigo completo, clique na figura abaixo. (*) Fontes consultadas para este artigo: [1] VIRGÍLIO. “Bucólicas”; trad. e notas de Péricles Eugênio da Silva Ramos; introdução: Nougueira Moutinho, ilustr. Marcelo Lima. — São Paulo : Melhoramentos; [Brasília] : Ed. Universidade de Brasília. Col. … Continuar lendo “Virgílio, o pai do Ocidente”

Virgílio (1)

"Então tu és Virgílio, aquela fonte que expande de eloquência um largo rio?" – perguntei-lhe, baixando humilde a fronte. "Dos outros poetas honra e desafio, valham-me o longo esforço e o fundo amor que ao teu poema votei anos a fio. Na verdade, és meu mestre e meu autor; ao teu exemplo devo, deslumbrado, o … Continuar lendo Virgílio (1)