Gustavo Corção

Meu artigo na coluna "Destarte" do Jornal Opção, de Goiânia, lembra os 40 anos da morte de Gustavo Corção. Confira no link - clique na figura abaixo para ler a crônica na íntegra.

Willa Cather e a narrativa das grandes planícies americanas

A premiada escritora norte-americana Willa Cather (1873-1947) começou imitando um dos gênio da narrativa de seu tempo - Henry James -, mas logo encontrou seu caminho e gravou o melhor da imaginação narrativa como escritora católica. Entre os seus títulos, destacam-se: “Ó, Pioneers!”, “A morte vem buscar o arcebispo”, “My Ántonia” e “The Song of … Continuar lendo Willa Cather e a narrativa das grandes planícies americanas

Hermilo Borba Filho: o sangue na escuridão

Pode um homem durar uma centena de anos na terra, mas sua obra pode ultrapassar os séculos...este o caso dos escritores, na maioria dos países hegemônicos. No Brasil, no entanto, onde a idade média sobe a sete décadas, os escritores têm sua memória apagada em menos de meio século depois de desaparecidos. Este é o … Continuar lendo Hermilo Borba Filho: o sangue na escuridão

O arcanjo rebelde

EM BUSCA do "arcanjo rebelde" - Lúcio Cardoso (1912-1968). Clique no link para ler minha crônica literária publicado hoje na coluna "Destarte" do Opção Cultural.

Adeus a J.O. de Meira Penna (14/3/1917-29/7/2017)

O adeus! a Meira Penna. O pacto de silêncio em torno da obra deste grande brasileiro, falecido ontem com a idade de um século, parece rondar até sua própria morte. É fato. A cobertura é defeituosa e indevida para a dimensão da personagem - Meira Penna, mas a imprensa de viés esquerdista não quer saber … Continuar lendo Adeus a J.O. de Meira Penna (14/3/1917-29/7/2017)

José Geraldo Vieira

A ladeira da memória (2a. ed., 1962). Assista ao vídeo abaixo, sobre a origem do romance, no grupo coord. por Francisco Escorsim em Instituto Borborema. 22/07 - Post-post - foi somente vendo o segundo vídeo, que devo dar divulgação amanhã, que me dei conta de que a edição que eu lera (1962) foi totalmente modificada … Continuar lendo José Geraldo Vieira

Lúcio Cardoso, poeta!

É preciso romper o silêncio que se instaura em torno de alguns escritores, é preciso revelar o que foi "injustamente deslembrado da memória editorial do mercado brasileiro", conforme Esio Ribeiro no ensaio "Introdução à poesia completa de Lúcio Cardoso" (vide capa abaixo).   Ésio Ribeiro já havia publicado (e sido premiado pela Academia Mineira de … Continuar lendo Lúcio Cardoso, poeta!

Um poema em homenagem a Lúcio Cardoso

Onde presto homenagem a Lúcio Cardoso (1912-1968), poeta e romancista, autor, entre outros e "Crônica da casa assassinada" (1959). Para ler o poema, sobre o personagem Timóteo (2/3 poemas) clique no link do Sway, abaixo. https://sway.com/Qjt2bqCEWuBr5D30?ref=Link

Sobre Diogo Rosas G

Continuando a série de leituras sobre a novíssima literatura feita no Brasil, apresento artigo sobre o livro de DIOGO ROSAS G. divulgado em Opção Cultural, caderno dedicado à Cultura no Jornal Opção, Goiânia, ed. 2170, 13.02.2017. Para ler o artigo, clique na imagem abaixo.

Meus posts mais lidos em 2016

Leitores amigos de Leveza & Esperança: Olá! As veredas da leitura e da reflexão. É o que posso dizer sobre meu persistente trabalho aqui no blog. Um exercício pessoal que vai ganhando adeptos, sem nunca ceder à mesmice e ao mainstream editorial - estou mais interessado naqueles "talvez uns dois em mil" leitores de que nos … Continuar lendo Meus posts mais lidos em 2016