Recorte Lírico – 1/2020

Encare toda aquela coisa sobre janeiro: a cabeça velha voltada para trás, a nova, para a frente. Observamos o que se passou, projetamos algo novo – decisões de ano novo. Quão novo? Quão velho? Caberá ao leitor decidir como fazer o balanço do ano velho e projetar o novo. Nesta crônica inicial na #Recorte Lírico, … Continuar lendo Recorte Lírico – 1/2020

A poesia e o Mito (1)

Estimados amigos. Continuo firme a missão educativa, pois creio no poder da leitura e, assim, fazendo o bom uso da crítica, espero contribuir para gerar mais leitores e mais atentos. Espero que gostem deste novo artigo. Destarte Clique para ler.https://www.jornalopcao.com.br/categoria/opcao-cultural/destarte/

Conectados pelo calendário

2018 está chegando a seu ocaso... É hora de sondar o mistério intrincadíssimo do Tempo... "O mistério do tempo não equivale a um interdito que pesa sobre a linguagem; ele suscita sobretudo a exigência de pensar mais e de dizer de outro modo”  - dizia Paul Ricoeur. Aos diletos amigos da coluna “Destarte” e aos … Continuar lendo Conectados pelo calendário

Comunicação no I Colóquio de Poesia Goiana, 2017

I Colóquio de Poesia UFG,  12 de Junho de 2017 - participação na Mesa coordenada pelo poeta Miguel Jubé, doutorando em Letras pela UFG; tema: "A nova poesia em Goiás". Participação minha com os poetas Edmar Guimarães, Fabrício Clemente e a poetisa Dheyne de Souza. Boa tarde! Concordando com o escritor britânico Gilbert Keith Chesterton … Continuar lendo Comunicação no I Colóquio de Poesia Goiana, 2017

A gênese de um livro (V)

Poema de hoje, 04 de março de 2017. Este poema (ainda em rascunho) nasceu da releitura de Daniel, 4, sob a inspiração de Robert Graves. Creio que posso chamá-lo de "meu Nabucodonosor", mas preferi intitular de "A Queda (I)" - intuindo que outras versões virão e continuações, pois o mito é tremendo. Clique na figura ao … Continuar lendo A gênese de um livro (V)