John Keats, Literatura, Literatura Inglesa, Poesia, poesia inglesa

Um soneto escrito em 15 minutos permanece vivo há dois séculos

SIM, quinze minutos teria sido o tempo que levou Keats para escrever um soneto que é hoje um clássico. Isso é que nos conta Péricles Eugênio da Silva Ramos sobre este soneto abaixo, traduzido pelo próprio autor da introdução ao volume de Poemas do inglês KEATS e cujo original vai abaixo transcrito, após a tradução.… Continuar lendo Um soneto escrito em 15 minutos permanece vivo há dois séculos

Emily Dickinson, Estados Unidos, FazerLiterário, Poesia

Ainda (e sempre!) Emily Dickinson…

  Um poema de Emily Dickinson e duas traduções de Paulo Henriques Britto.   Original – poem 185* Trad. “A” Trad. “B” “Faith” is a fine invention Quando se pode enxergar A “Fé” é um ótimo invento When Gentlemen can see – A “Fé” tem conveniência; Quando se enxerga a contento; But Microscopes are prudent… Continuar lendo Ainda (e sempre!) Emily Dickinson…

Eric M.B. Becker, Ferreira Gullar, Poesia, tradução

Gullariano, à inglesa: Ephemeral Invention

UM POEMA do escritor goiano EDIVAL LOURENÇO, vem de ser traduzido ao inglês por Eric M.B. Becker deve sair em Words Without Borders, revista da qual ele, Eric, é o editor. Creio ser um grande momento e uma chance  a mais de um talento poético das terras dos Goyazes mostrar sua força a um público… Continuar lendo Gullariano, à inglesa: Ephemeral Invention