Catolicismo, J.O. de Meira Penna, Liberalismo, Literatura, Literatura brasileira

Adeus a J.O. de Meira Penna (14/3/1917-29/7/2017)

O adeus! a Meira Penna. O pacto de silêncio em torno da obra deste grande brasileiro, falecido ontem com a idade de um século, parece rondar até sua própria morte. É fato. A cobertura é defeituosa e indevida para a dimensão da personagem - Meira Penna, mas a imprensa de viés esquerdista não quer saber… Continuar lendo Adeus a J.O. de Meira Penna (14/3/1917-29/7/2017)

Ivan Junqueira, Poesia

“Porque estás vivo aqui, agora e sempre…” Adeus, poeta!

IVAN JUNQUEIRA, 1934-2014, poeta e tradutor, autor entre outros de “Os Mortos” (1964), “Três Meditações na Corda Lírica” (1977), “A Rainha Arcaica” ( 1980). Tradutor a quem devemos o melhor de T.S. Eliot em português – “Quatro Quartetos” (1967) e T.S.Eliot Poesia Completa (1981) e os Ensaios (1991). Para consultar uma  bibliografia completa visite este… Continuar lendo “Porque estás vivo aqui, agora e sempre…” Adeus, poeta!