Henry James como confidente…

O escritor americano, naturalizado britânico, HENRY JAMES (1843-1916) é o tema da minha crônica em DESTARTE, no Opção Cultural Online. Clique no link para ler.

Henry James (1)

A busca por um passado que “possui algo de fantástico e até de diabólico.” "E essa “tentativa de recapturar, pela memória, o passado que cada geração pode alcançar faz com que “Os papéis de Aspern” seja não apenas uma história patética, de grande rigor formal, mas uma criação literária dotada de senso histórico e extraordinária … Continuar lendo Henry James (1)

Eu e “A Alma da Festa”, de Alexandre Soares Silva

Recomendo com entusiasmo o novo livro de Alexandre Soares Silva. "A Alma da Festa" pode ser lido sem que você tenha se questionado com "A Coisa Não-Deus" ou se encantado com as quaresmeiras roxas de "Morte e Vida Celestina". Nem precisa lembrar de vidas passadas. A Alma te leva a um mundo de bom-gosto infinito. … Continuar lendo Eu e “A Alma da Festa”, de Alexandre Soares Silva

Henry James (i)

Diversão e prazer na leitura. A melhor síntese pra quem está na pág. 90, é essa: "O romancista Thomas Hardy, contemporâneo de James, dizia que ele tinha uma maneira particular de ´dizer nada em frases infinitas´. A prosa de James é, por contraditório que isso seja, um prazer exasperante." (Jerônimo Teixeira) Para os apaixonados pelo … Continuar lendo Henry James (i)