Em Goiânia, diretor Marcos Fayad leva Kharms ao palco do SESC

Segundo o editor do Jornal Opção, sr. Euler De França Belém,
a adaptação feita pelo diretor brasileiro [Marcos Fayad] não é mera reprodução daquilo que escreveu o escritor russo e isto é um dos pontos fortes de sua peça ou de suas peças.”

“Uma peça adaptada torna-se uma peça de seu autor e do diretor e, sim, dos atores. Porque, a rigor, embora não sejam trabalhos inteiramente distintos — um é pai-mãe e o outro é filho-filha —, o texto escrito é uma coisa e o texto falado-declamado é outra coisa. Portanto, a peça “Cerimônia Para Personagens Estranhos — Miniaturas Grotescas”, dirigida por Marcos Fayad a partir da adaptação de histórias curtas de Daniil Kharms, é tanto do criador patropi quanto do escritor russo.”

Continue lendo, no link abaixo.
Via Jornal Opção.

“Cadernos de Sizenando” tem primeiras impressões de leitura…

OS PRIMEIROS LEITORES se expressam, depois da Apresentação e do Posfácio, respectivamente textos de minha “madrinha literária” – a Poetisa SONIA MARIA DOS SANTOS; e do amigo Poeta Brasigóis Felício (que já havia apresentado meu livro “Frágil Armação” (1985). 

Euler De França Belém sobre os Cadernos
Euler de França Belém comenta sobre os Cadernos de Sizenando
Agora, foi a vez do Editor-Geral do JORNAL OPÇÃO, anunciar-se como leitor atento dos Cadernos… 

Veja como foi esta primeira abordagem, fruto das primeiras impressões de leitura do jornalista Euler Fagundes De França Belém.

Experimentado leitor e detentor de alta cultura, Euler promete um artigo mais abrangente ao final da leitura…
O poeta aguarda com a ansiedade natural de todo lançamento!