Dia dos Avós

Festa de São Joaquim e Sant´Ana, 26 de julho marca para todos nós o Dia dos Avós.

Sao Joaquim + Sant'Ana

Sao Joaquim + Sant'Ana

“É muito antiga a devoção a São Joaquim e Santa Ana, sobretudo no Oriente. A liturgia de São João Crisóstomo refere-se a eles como “os santos Avós de Jesus, Joaquim e Ana“. Grande deve ter sido a santidade dos dois esposos, para que deles nascesse a Virgem Imaculada, a Mãe de Deus!”
Neste 26 de julho curto meu primeiro ano como avô, vivendo o deslumbramento desta condição, e penso no meu neto Lucas como o tema freqüente de minhas anotações no blog e das minhas conversas com os amigos, além de tema de minhas preces e meus sonhos.


Não conheci meu avô (Sizenando Queiroz), mas dele tenho as melhores lembranças e uma só foto em preto e branco, mas mantive com minha avó Cecília Pereira Leal de Queiroz o maior dos afetos que uma família biológica pode nutrir, embora a distância do orfanato nos impedisse do afeto da convivência diária.
Dona Tutu“, como era conhecida minha avó Cecília, ficou de tal forma gravada em meu coração – como o mais forte dos profundos afetos – que dei seu nome a minha filha caçula.

pão e vinho
Beto, Lucas: pão e vinho

Tenho, pois, com os avós a extensão desejada do respeito ao quarto mandamento (e vocês, meus amigos, não sabem quanto incomoda pensar no problema que foi para mim esse mandamento no que respeita aos pais biológicos: o pai que nunca conheci e a mãe com quem mantenho uma relação distante, pelas circunstâncias da vida).

Pois, eis-me aqui nesse dia dos Avós com as minhas circunstâncias: antes de vestir a camisa que mandei fazer com a minha foto predileta do Lucas,

articulo o pensar, a reflexão sobre a minha condição de avô como a extensão natural de toda uma vida, bem vivida, com suas dificuldades, rotinas e pequenos e grandes êxitos. Penso na família que formei a partir da sensação de isolamento que caracterizou a minha juventude. Penso na possibilidade de não só transmitir um sobrenome centenário mas a história pessoal e familiar que se escreve com os Amaral Queiroz e de agora em diante com os Queiroz Foust.

Viva os Avós! Viva eu, viva tu, vovó do Lucas, por que não?

Vovó Helenir e Lucas
Um post excelente sobre a arte de ser avó

Vovó Helenir e Lucas (2 meses)

*