Aos que estiverem sós, à meia-noite de 25!

“C. S. Lewis e a formação do imaginário”: ensaio de Paulo Cruz

Para o grupo de amigos de C.S. Lewis um post original de Paulo Cruz sobre o pensador cristão inglês.

Esperando as Musas

Die Chroniken von Narnia: Der König von Narnia

[…] Mas, quando amanheceu, caía uma chuva enjoada, tão grossa que, da janela, quase não se viam as montanhas, nem os bosques, nem sequer o riacho do quintal.

– Tinha certeza de que ia chover! – disse Edmundo.

Haviam acabado de tomar café com o professor e estavam na sala que lhes fora destinada, um aposento grande e sombrio, com quatro janelas.

– Não fique reclamando e resmungando o tempo todo – disse Susana para Edmundo. – Aposto que, daqui à uma hora, o tempo melhora. Enquanto isso, temos um rádio e livros à vontade.

– Isso não me interessa – disse Pedro. – Vou é explorar a casa.

Todos concordaram, e foi assim que começaram as aventuras. Era o tipo da casa que parece não ter fim, cheia de lugares surpreendentes. As primeiras portas que entreabriram davam para quartos desabitados, como, aliás, já esperavam. Mas não demoraram a encontrar…

Ver o post original 4.446 mais palavras

A Fé e o Amor

Santo Tomás de Aquino a todas as mães, filhos e filhas.
A Fé e Amor neste dia especial.
[Com um Adendo sobre o Amor no Casamento].
Quote for May 8th – A Fé, seg. Santo Tomás, para aquele que crê e para o ateu

I. A FÉ.
“To one who has faith, no explanation is necessary. To one without faith, no explanation is possible.”

. – St. Thomas Aquinas Foto: Quote for May 8th
[Para aquele que tem Fé, nenhuma explicação é necessária.
Para o que não tem Fé, nenhuma explicação basta…”]

II. O Amor, seg. o Cardeal Cantalamessa.
(o Amor no casamento – Título do sermão: “Marriage and Family: the Divine Project)” – o Cardeal Cantalamessa em uma homília recente disse:

“The secret to getting access to these splendors of Christian love is to give Christ space within the life of the couple. In fact, the Holy Spirit that makes all things new, comes from him. A book by Fulton Sheen, popular in the 50s, reiterated this with its title: “Three to Get Married.”[12] From a deeper point of view Teilhard de Chardin had arrived to the same conclusion: “Love is a function between three terms: man, woman and God”. (1).

(…) “Termino com algumas palavras tiradas mais uma vez de ‘O sapato de cetim’, de Claudel. É um diálogo entre a mulher do drama e seu anjo da guarda. A mulher luta entre o medo e o desejo de entregar-se ao amor:
– Então, esse é o amor das criaturas, um para o outro, permitido? Deus não é ciumento?
– Como Ele poderia ter ciúmes do que ele mesmo fez?
– Mas o homem, nos braços da mulher, se esquece de Deus …
– Como eles podem esquecê-Lo quando estão com Ele, participando do mistério da sua criação? (2).

+++++

FONTES: Refs. cit. no sermão do Cardeal: (1) P. Teilhard de Chardin, ‘Esquisse d’un Univers personnel’, 1936; (2)”O Sapato de Cetim”, Paul Claudel, a.III. sc.8 (éd. La Pléiade, II, Paris 1956, pp. 804) – Tudo originado por (c)Zenit.org.

A Fé e o Amor

Santo Tomás de Aquino a todas as mães, filhos e filhas.
A Fé e Amor neste dia especial.
[Com um Adendo sobre o Amor no Casamento].
Quote for May 8th – A Fé, seg. Santo Tomás, para aquele que crê e para o ateu

I. A FÉ.
“To one who has faith, no explanation is necessary. To one without faith, no explanation is possible.”

. – St. Thomas Aquinas Foto: Quote for May 8th
[Para aquele que tem Fé, nenhuma explicação é necessária.
Para o que não tem Fé, nenhuma explicação basta…”]

II. O Amor, seg. o Cardeal Cantalamessa.
(o Amor no casamento – Título do sermão: “Marriage and Family: the Divine Project)” – o Cardeal Cantalamessa em uma homília recente disse:

“The secret to getting access to these splendors of Christian love is to give Christ space within the life of the couple. In fact, the Holy Spirit that makes all things new, comes from him. A book by Fulton Sheen, popular in the 50s, reiterated this with its title: “Three to Get Married.”[12] From a deeper point of view Teilhard de Chardin had arrived to the same conclusion: “Love is a function between three terms: man, woman and God”. (1).

(…) “Termino com algumas palavras tiradas mais uma vez de ‘O sapato de cetim’, de Claudel. É um diálogo entre a mulher do drama e seu anjo da guarda. A mulher luta entre o medo e o desejo de entregar-se ao amor:
– Então, esse é o amor das criaturas, um para o outro, permitido? Deus não é ciumento?
– Como Ele poderia ter ciúmes do que ele mesmo fez?
– Mas o homem, nos braços da mulher, se esquece de Deus …
– Como eles podem esquecê-Lo quando estão com Ele, participando do mistério da sua criação? (2).

+++++

FONTES: Refs. cit. no sermão do Cardeal: (1) P. Teilhard de Chardin, ‘Esquisse d’un Univers personnel’, 1936; (2)”O Sapato de Cetim”, Paul Claudel, a.III. sc.8 (éd. La Pléiade, II, Paris 1956, pp. 804) – Tudo originado por (c)Zenit.org.