Salve, ANTONIO TABUCCHI (II)

Caro Antonio, Estou agora com 6 de seus livros sobre a escrivaninha. É uma manhã ensolarada em Goiânia, a TV está ligada n’outro cômodo (e ouço o barulho dos carros de corrida, motores que roncam forte). Confesso, amigo, que prefiro os pássaros em nosso jardim; minha mulher divide a biblioteca comigo, rompendo o silêncio, de … Continuar lendo Salve, ANTONIO TABUCCHI (II)