Seguindo os passos de Jesus com o poeta francês Paul Claudel (1)

capa-claudel

Encontrei este livrinho num sebo em Belo Horizonte e agora o texto de Paul Claudel num site francês.
Eis um texto muito  adequado à semana que irá se iniciar, mas não pude esperar para publicá-lo.
Eis, pois, para os francófonos, boa opção esta de meditar sobre o poema enquanto aguardamos a semana Santa.
Tomo conhecimento, após ter publicado a primeira versão deste post, que um compositor de renome [Marcel Dupré Jean Marchand première station

(1886-1971), um dos mais famosos organistas do período em que viveu], criou uma peça baseada nos 14 poemas de Claudel e a executou a cada Quaresma, no período de 1934 até sua morte em 1971.
As referências na web me levaram a saber que a peça de Dupré continua uma referência ao mundo do órgão e que até hoje são realizadas apresentações desta peça, durante a Quaresma, em França e ao redor do mundo.

Para Ler na Semana Santa 2015 (2)

M I S T É R I O da Paixão de C R I S T O
**********************************************

Com meu amigo Sérgio Souza dO BLOG “OCAMPONES.COM”
(c)imagem by Veniteadme.wordpress.com

Santo Agostinho

“Nós – dizia Santo Agostinho ao povo – sabemos e acreditamos com fé certíssima que Cristo morreu só uma vez por nós […]. Sabeis perfeitamente bem que tudo isto foi feito apenas uma vez e ainda assim a solenidade periodicamente o renova […]. Verdade histórica e solenidade litúrgica não estão em contradição entre si, como se a segunda fosse falácia e somente a primeira correspondesse à verdade. Do que a história afirma ter acontecido uma só vez na realidade, a solenidade renova muitas vezes a celebração nos corações dos fiéis”.
(S. Agostinho, Sermone 220; PL 38, 1089).
Numa homilia de Páscoa do século IV, o bispo pronunciava estas palavras surpreendentemente modernas e, por assim dizer, existenciais: “Para cada homem, o princípio da vida é aquele, a partir do qual Cristo foi imolado por ele. Mas Cristo é imolado por ele quando ele reconhece a graça e se torna consciente da vida que lhe foi dada por aquela imolação”(Homilia pascal do ano 387; SCh 36, p. 59 s.). Com ZENITCésar Miranda e Sergio de Souza.

Eis a boa leitura, antes que anunciemos a Páscoa de Cristo… Continue lendo n’O Camponês.com/

 

Para Ler na Quaresma 2014 (II)

Para ler na Semana Santa, 2015.

Círio Pascal

Ensina-nos Kátia Lima, do blog Canto da Paz:
“O Tempo da Páscoa ou Tempo Pascal vai do domingo da Páscoa até a Solenidade de Pentecostes (Festa do Espírito Santo).
“Durante este período, o círio pascal (aquela vela grande que é acesa durante a Vigília Pascal, no Sábado de Aleluia) fica junto ao altar e sempre é aceso novamente durante as Santas Missas e Batizados.
“Ele representa Jesus  Ressuscitado, que é a Luz do Mundo!”

Continue lendo