Vamos aos Teatro? Marcos Fayad & Guimarães Rosa valem ouro!

EM ARTIGO no Jornal Opção - editoria Opção Cultural. QUANDO um de seus contemporâneos e concidadãos realiza uma grande tarefa, o mínimo que temos que fazer é reconhecer o seu (dele) talento. A cidade de Goiânia e seus multiplicadores culturais precisam saber disso... No dia da estréia de "Cara-de-Bronze" os diários ignoraram a importância do … Continuar lendo Vamos aos Teatro? Marcos Fayad & Guimarães Rosa valem ouro!

“Grande Sertão: Veredas” visto (e relido) na França*

Com este título, o único romance publicado por João Guimarães Rosa há 54 anos, o livro brasileiro continua apaixonando e desafiando leitores ao redor do mundo. Além do mérito de “superar o isolamento das literaturas ditas ‘pequenas’, como sublinha Otto Maria Carpeaux (1), este livro de J.G. Rosa (com todos os adjetivos, que inclui grandioso) … Continuar lendo “Grande Sertão: Veredas” visto (e relido) na França*

“Grande Sertão: Veredas” visto (e relido) na França*

Com este título, o único romance publicado por João Guimarães Rosa há 54 anos, o livro brasileiro continua apaixonando e desafiando leitores ao redor do mundo. Além do mérito de “superar o isolamento das literaturas ditas ‘pequenas’, como sublinha Otto Maria Carpeaux (1), este livro de J.G. Rosa (com todos os adjetivos, que inclui grandioso) … Continuar lendo “Grande Sertão: Veredas” visto (e relido) na França*