Ao nosso amor, poema em destaque

Fiquei muito feliz com este destaque dado pelo site do Instituto Cultural Sicoob ao meu poema (Ao nosso amor).
Para ler o poema, clique na figura abaixo.

Canto de Leitura Sicoob_Poema.png

O surpreendente Satya Nadella

“We’ve already written about Nadella’s commitment to products and services designed for a “mobile-first, cloud-first” e exponencialmente crescente número de celulares, tablets e “sensores”…” – diz Virginia Backaitis, da CMS Wire.

Agora, Nadella mostra aos parceiros da MS como a visão deve comandar a operação:

“That is something that’s unique to us. That’s in our core, that’s in our soul, and that’s what we’re going to go do. For us to reinvent productivity so that every individual on the planet can get more out of every moment of their lives is a great mission. That is what we need to go solve. That is where we get to add value.
” We will build platforms in the cloud for it, we’ll build platforms on the device for it.”

IT significa um arsenal de produtos & serviços, bem na “cola” do que a Google fez com o Google for Work – será a MS uma “seguidora” e não mais uma “antena” das novas tecnologias?
Quem tem tudo isso, é certo que tem uma aposta alta a fazer – Skype and Lync, OneDrive and OneDrive for Business, Outlook and Exchange, and the hardware and operating systems and put them together for dual use….

Continue lendo em

t, cloud-first world and th Good Bet or Huge Gamble? Microsoft’s Vision for the Future.

Um C.E.O. com Humildade e coragem?

NO THE TIMES OF INDIA, jornal online, leio sobre Satya Nadella, novo CEO da Microsoft, empresa que meus amigos (e eventuais leitores) sabem que eu abomino.

EU fico me perguntando: como não gostar desse sujeito chamado Satya Nadella, apesar de desgostar da companhia que ele dirige? 

Primeiro pela humildade; competência e dedicação que o novo CEO sempre dedicou aos estudos. Depois, por razões outras que, citando outra fonte indiana, talvez, tornem-se claras para você, prezado leitor:
a humildade é a chave para se tornar um líder respeitável, porque isto significa que você é receptivo a ouvir e aprender com todos para crescer profissionalmente” – afirma Govind Iyer, da Egon Zehnder India.

Mais ainda porque Nadella chegou ao posto e demitiu o idiota consumado, que atende pelo nome de Mark Penn (o cara responsável pela campanha publicitária intitulada “Scroogled”), que manchava a biografia da já odiada M$ por ser ironicamente difamatória da concorrente Google. Scroogled foi a malfadada campanha de baixo padrão e apelativa, apoiada pelo ex-CEO Steve Balmer e imediatamente cortada por Nadella.

Saibam quem é o novo CEO do que os analistas estão chamando de Nova Microsoft. Um pouco da história de Nadella, na tradução livre deste blogueiro, usando o The Times of India como fonte.

“É uma excelente momento para o Manipal Instituto de Tecnologia subir no ranking das escolas de ponta…Manipal Institute_India

e, de agora em diante, passar a ser visto lado a lado das mais consagradas instituições de ensino de TI do mundo.

No espaço de 12 semanas, duas das mais famosas marcas de tecnologia do mundo, a Microsoft e a Nokia, nomearam ex-alunos do MIT (não confundir com o MIT americano!) como seus CEOs, respectivamente Nadella e Suri.  É , pois, compreensivel que este campus do litoral indiano esteja pronto para estourar um espumante por seu sucesso.

“Satya Nadella e Suri são fortes testemunhas do fato de que no MIT é acertada a ênfase está no desenvolvimento holístico dos alunos. Duas das maiores empresas da Fortune 500 que estão sendo lideradas por ex-alunos do MIT é de fato um feito digno de nota. Alunos que deixam os portais deste instituto de engenharia são produtos de qualidade. Não é coincidência ou acaso que estes dois MITians atingiram um notável objetivo de sucesso, disse, visivelmente entusiasmdo o professor Vinod V Thomas, diretor, MIT. Suri se formou em 1989, um ano antes do Satya Nadella da Microsoft.

“Lembro-me quando dava aulas para Suri. Ele era um aluno brilhante e sempre parecia entusiasmado”, disse Prabhakar Nayak, HOD, E & C, MIT. Naturalmente, os estudantes estão em êxtase. “O ano de 2014 será talvez o ano mais gratificante com dois MITians (ex-alunos do MIT Indiano), atingindo os zeniths – o ponto mais alto de suas carreiras. Eles criaram um novo objetivo para todos nós”, disse Simantika Mohapatra, um sexto aluno semestre de Eletrônica e Comunicações.

“Eu era companheiro de escola de Suri e ele era um estudante brilhante. Ele era uma pessoa amigável”, disse G Muralidhar Bairy, professor associado do MIT.

BANGALORE:  – “Tornar-se CEO da Microsoft estava muito além dos meus sonhos mais malucos”, disse Nadella numa video-conferência organizada pela gigante de software numa quinta-feira, dois após sua nomeação para o cargo – como indiano, “eu sempre estive mais focado no cricket (esporte nacional) do que em T.I. – brincou um bem-humorado Nadella. Veja o original da frase citada abaixo:

“Having grown up in India, the idea that I would have the opportunity to talk to all of you as CEO of Microsoft was beyond my wildest dreams. Admittedly, my interests at that time were a bit more focused on cricket than on technology,” 

Brincando com os espectadores da video-conferência, Nadella ressalta que é admissível que tendo nascido na India é mais provável que ele estivesse focado em cricket, o jogo mais popular de seu país, do que em tecnologia.

E adicionou logo a seguir:  “É surpreendente, no entanto, pensar nos avanços no campo da tecnologia, nos últimos anos e as oportunidades para desenvolvedores de software na Índia hoje”.
Nadella, que no dia 4 de fevereiro, foi nomeado CEO de uma empresa de US$ 78 bi, falou sobre as enormes oportunidades que surgiram com o chamado cloud computing. Ele crê que a Índia é o primeiro país em termos de cloud e de tecnologias móveis. E mais: que a tecnologi de cloud surge com um grande potencial de mudança do jogo (“game-changer”)  pela capacidade de prover aplicações em smartphones com uma fração dos custos da computação tradicional.

Nós estamos num time de mudança de importância crítica em nossa indústria, vivendo essa experiência e podendo desenvolver para equipamentos móveis e para a nuvem prioritariamente e de forma pioneira.

Mas a vida de Nadella não foi fácil quando resolveu ir para os EUA. Chegando com um curriculum deficiente, do ponto de vista da nova escola, ele foi exigido e para isso fazia mais esforço do que os demais colegas. Um professor afirma que um dia chegou muito cedo ao laboratório da escola e tropeçou com um saco de dormir. Dentro dele, estava o atual CEO da Microsoft, na época um esforçado aluno estrangeiro, tentando dar o máximo de si mesmo para acompanhar seus colegas e superar as “deficiências” que seu CV indiano em Engenharia Elétrica que trazia para a nova escola, em busca de um mestrado em Ciências da Computação, que concluiu na universidade Wisconsin-Milwaukee (UWM) em 1990.

Professores que conheceram melhor Nadella durante seu tempo na Universidade de Wisconsin-Milwaukee (UWM) o consideram um aluno inspirador para os colegas.

“Eu quero na verdade que outros olhem para ele e digam: ‘Se ele conseguiu, eu também vou ser um profissional de sucesso” – diz o professor Hossein Hosseini, da UW-Milwaukee, departamento de Ciências da Computação (CC).

Nadella, segundo outro professor da UW-Milwaukee (dept. de CC), “dedicava muito tempo ao laboratório de computação, eu diria até muito mais tempo do que o normal”. Relembra este professor:
satyanadellamicrosoft_1
“Um dia, eu vi um saco de dormir no chão do laboratório e perguntei o que aquilo estava fazendo ali; então, outros alunos me disseram que Satya Nadella vinha dormindo lá por várias noites, tentando completar sua tese de pesquisa”,
relata o Professor Emeritus K. Vairavan da UW-Milwaukee.

Ao terminar sua graduação na UWM, Nadella começou a trabalhar na Sun Microsystems, em Chicago, em 1992, quando completou também o seu segundo mestrado, na University of Chicago e foi aceito na Microsoft de Seattle, empresa que agora preside. Nadella também recebeu o título dado pela UWM (Dean’s Award) em 2000, bem como o de “Chancellor’s Innovation Award” em 2013.

Saiba mais sobre esta temporada no site da UWM.

Este CEO junta eseu passado de um denodado aluno de Ciências da Computação e de Mestre em duas respeitáveis Academias, à coragem do profissional de hoje, lado-a-lado com a humildade, para entender que a Microsoft é um gigante de software mas uma “nova entrante” no mercado de web, cloud e smartphones.

Ele acredita, como boa parte dos gestores de T.I. que, com mais de 100 milhões de smartphones contra 12 milhões de PC´s, de acordo com as previsões de venda para 2014, as empresas estão aumentado sua confiança no poder do cloud em prover aplicações modernas a equipamentos móveis conectados à Internet. “As empresas exigem aplicações modernas para prover serviços de cloud escaláveis, e ao mesmo tempo integrados com os sistemas existentes através das capacidades do cloud computing híbrido”, afirma Nadella. O mantra do novo CEO parece ser “mobile-first-cloud-first” …

So far, so good…” diz o mercado sobre o desempenho do novo CEO. Até aqui, o novo CEO só recebe palavras de apreço e reconhecimento ao desempenho elogiável e é elogiado pelos acionistas. Acompanhemos os próximos passos, torcendo para que a humildade e a coragem de Nadella crie mesmo uma nova empresa. Até à próxima.

Beto.

++++
Fontes: WSJ online, The Times India online.

Google “online university”

Quer um diploma da Google?
A corporação sempre inovadora lança um servico que pode ser considerado uma ‘universidade online’ que tira proveito dos videos e hangouts (Video-Conferência online) para ensinar de tudo, incluindo Cozinha… Confira a matéria no Daily Mail e no vídeo abaixo.

Read more: http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2487758/Google-launches-online-university-uses-live-video-chat-teach.html#ixzz2rubzcPeX

Video Google aprendizado online

Follow us: @MailOnline on Twitter | DailyMail on Facebook

Rebloggling

Pessoas queridas:

Parece que muitas pessoas querem retomar o hábito de blogar, sem ser pagas por isso.

Se você tiver este propósito claro,é possível não ser corrompido por uma empresa ou por uma multinacional brasileira que carrega verbas do tipo *.gov pra que você blogue o dia inteiro.

Esse não é o propósito de gente que tem poucos e fiéis leitores e amigos de blogs antigos. Mas há um aliado a toda gente de bem. O Google promete dar evidência a sua Autoria nos posts (confira no link).

Nosso propósito é mesmo reviver uma fase ingênua dos blogs em que éramos calmos e lentos, discutíamos muitos e não havia um escambo entre o fazer blogs.

Há pessoas maravilhosas envolvidas nesse desejo de voltar a “blogar”. Algumas delas se expressaram a partir de uma provocação de Mônica Manna no FB.

Daí, vieram muitas pessoas para falar do mesmo tema: como era verde o nosso vale de blogs. Hoje, tudo parece mais cinza, mais rápido, mais ininteligível para todos nós. Há também outras hipóteses, p.ex. uma comunidade no Google _+  pode ser uma hipótese de retomada dos nossos contactos.

Bem-Vindo(a)!

Multimeeting 2013

Multimeeting 2013

Este é o Dia “D”, como anualmente acontece há 5 anos, em nossa empresa.
Volta ao trabalho com muita adrenalina.
Muito bom participar deste momento do time Multidata.

Para saber mais sobre o que temos feito em nossa organização, leia a revista online.

Porque aderi a uma loucura genial

EU estou, aos 57 anos, sentindo-me um velho-‘moço’ como Multidata Google Rep.
Há um capítulo do livro “Google: A Biografia” (S.Levy) que me equaliza sobre o tema.
Eu nunca frequentei uma escola de Método Montessori, mas acredito nos métodos…
”A disciplina deve vir por meio da Liberdade”.
Se eu pudesse colocar isso na nossa empresa, começaria por colocar bolas de Pilates nos ambientes de trabalho, incentivar os moços (e moças) a imaginar que é possível fazer algo intensamente novo…
A Google é empresa que me motiva a realizar algo novo, principalmente, porque os fundadores (Larry Page e Sergey Brin) são seres humanos cheios da energia prontos à inovação. Como no meu momento atual de vida, hoje em dia, penso em meus amigos empresários inovadores Denise e Wagner Patrus.