agosto 2009

23 ago Yves Bonnefoy (I)

DOUVE PARLE [caption id="attachment_1210" align="alignright" width="300" caption="O poeta que leva a Poesia a serio"][/caption] Quelle parole a surgi près de moi, Quel cri se fait sur une bouche absente? A peine si j´entends crier contre moi, A peine si je sens ce souffle qui me nomme. Pourtant ce cri sur moi...

Leia mais

19 ago Emily Dickinson, 23/100*

Nature rarer uses Yellow Than another Hue. Saves she all of that for Sunsets Prodigal of Blue. Spending Scarlet, like a woman Yellow she affords Only scantly and selectly Like a Lover´s Words. A Natureza raro usa o amarelo, Antes prefere outros tons; Reserva-o todo para o pôr-do-sol Azul, gasta aos borbotões. ...

Leia mais

08 ago Emily Dickinson, 22/100*

Hoje o poema de Emily que sempre transcrevo aos sábados vem acompanhado das observações da tradutora Aíla de Oliveira Gomes, retiradas do prefácio de Uma Centena de Poemas. Essas notas são a melhor resposta para o açodamento de alguns críticos que não entenderam a religiosidade...

Leia mais